Subscribe:

Pesagens

01.01.2014: 90,0 kg

terça-feira, agosto 03, 2010

Meu dia +Sou pequena diante da imensidão do mundo...

13:19 hrs
Fiquei contente em ver o comentário da jornalista Fabiana Freitas - assessora de imprensa dos Expedicionários da Saúde.

Voltando a realidade:
o dia hoje foi corrido. Fazia tempo que não saia mais longe de carro, porque minha habilitação estava vencida há quase 3 anos - renovei há umas 2 semanas.
Fui na escola da minha filha, fiz a inscrição do Julio, peguei o uniforme da Elisa, aliás CEDO PARA O PRÓXIMO ANO. A prefeitura é f..., não é porque é de graça que deve demorar tanto...enfim, sai de lá e fui ao mercado, tudo deu certo, graças à Deus.
Hoje as crianças comeram melhor.
Estou implantando um novo sistema de alimentação aqui em casa: SEM FRITURAS. Como é mais prático e melhor aceito pelas crianças, era, basicamente, o que eles comiam. CHEGA! Já passou de hora dessa história mudar. Agora eles vão ter que aprender a comer comidas mais saudáveis. Ontem, especialmente à noite, foi um fiasco. Hoje já foi melhor: arroz, milho e ovo. O amarelo entrou fácil, o difícil será implantar o verde. Mas vou com fé.
Como devo dar o exemplo, comi bife, batata cozida e uma colher de salada de pepino com tomate.
Ando sem apetite. Estou comendo pouco. Não é lá muito saudável, mas sinto que estou emagrecendo. Vou esperar a zona vermelha ir embora para me pesar...
POR FAVOR, LEIAM ABAIXO, é sobre um trabalho lindo de voluntariado.

Bom dia pessoas!

Queria compartilhar isto com vocês:
nós (eu) ficamos muitas vezes nos lamentamos por nossas vidas, e mesmo sem nos darmos conta somos demasiadamente apegados às coisas que nos cercam, coisas da nossa vida, do nosso dia-a-dia.
Acho lindo histórias de voluntariado. Fico pensando: como as pessoas são capazes de abdicarem de suas vidas, muitas vezes tranquilas e estáveis, largarem a família, e se engajarem em movimentos para ajudar aos necessitados? Será que eu seria capaz de um jesto tão nobre? SERÁ QUE VOCÊ SERIA CAPAZ DISSO?
A pouco estava assistindo ao Bom dia Brasil, e confesso que além de me comover, me senti minúsculo diante do mundo. A reportagem foi sobre um grupo de médicos e outros profissionais que exercem trabalo voluntário junto aos índios e populações distantes, carentes de tudo. SÃO MÉDICOS, pessoas que normalmente já têm um poder aquisitivo privilegiado e uma vida estável - o que todos almejam - e que prestam este serviço voluntário. RESOLVI PESQUISAR.


 " Expedicionários da Saúde é uma organização brasileira sem fins lucrativos, criada em 2003 por um grupo de médicos voluntários dispostos a levar medicina especializada, principalmente atendimento cirúrgico, à regiões isoladas favorecendo populações indígenas."


Segundo um dos médicos e presidente da ONG, o trabalho deles não é apenas levar saúde para as pessoas, mas sim levar saúde com qualidade. As cirurgias realizadas em lonas no coração da Amazônia são as mesmas realizadas em grandes hospitais de São Paulo.

"Até o momento, foram realizadas 17 expedições , sendo que 8 no Alto Rio Negro, 4 no Tapajós, 2 no Alto Solimões (nov de 2008 e abril de 2009) e 2 na região de Parintins

Já foram beneficiadas a população de 3 subregiões do DSEI-RN (Distrito Sanitário Especial Indígena–Rio Negro), que somam cerca de 15.000 pessoas: Iauaretê, Pari Cachoeira e Tunuí Cachoeira.


Há um crescimento da média de cirurgias por expedição: dobrou após o início da utilização de Centro Cirúrgico Móvel em novembro 2005. Continua crescendo com a inclusão de ginecologia, odontologia e saúde da família, e melhorias de infra-estrutura. Por outro lado, a expedição realizada pela primeira vez numa nova região, fica sempre aquém da demanda esperada, pois, a descrença dos povos indígenas com relação à visita de médicos especialmente para cuidá-los ainda é grande. A estratégia então é promover duas expedições consecutivas no mesmo local com intervalo de alguns meses. Na segunda a procura sempre aumenta. (O que mostra que a resultado da medicina do homem branco foi aprovado).

Os Expedicionários já realizaram 10280 atendimentos e 2111 cirurgias: 8 expedições aconteceram em três distritos de São Gabriel da Cachoeira - AM, na fronteira com a Colômbia. Vivem na região 30 mil índios. Quatro expedições foram realizadas beneficiando comunidades do Rio Tapajós - PA, duas expedições na região do Alto Solimões – AM e uma na região de Parintins – AM.

O sucesso destas expedições consolidou a equipe que vem aumentando o número de voluntários e estabelecendo novas parcerias para incrementar sua capacidade de atuação."

Conheça este lindo trabalho:

2 comentários:

Fabiana Freitas disse...

Olá !!!

Agradeço o carinho com o que você escreveu sobre os Expedicionários da Saúde. Somos um grupo que trabalha muito, com amor e tendo a certeza de que, se cada um fizer um pouquinho, vamos mudar o mundo.
Obrigada,
Fabiana
(assessora de imprensa dos Expedicionários da Saúde)

Flá BH disse...

Oi Rê
é verdade né, as vezes agente pensa tanto na nossa vida que esquecemos da vida do próximo!!!
Eu também não sei se teria essa força para ser voluntária. Mas é lindo ver os voluntários em ação né!!!

Beijos

Postar um comentário

Oi amiga, que bom que vai comentar o que escrevi!!! Obrigada :)