Subscribe:

Pesagens

01.01.2014: 90,0 kg

domingo, dezembro 13, 2009

SOBRE NUTRIÇÃO E TABELAS

PUTZ! Ninguém me corrigiu: sua burra, é bandejão e não BANDEIJÃO. Amigas, quando eu errar me avisem hem.

...


Achei muitos artigos interessantes neste site:

http://www.companhiadenutricao.com.br


DEVEMOS JANTAR?


Muitas pessoas pensam que comer a noite engorda. Esta certo que o seu metabolismo já vai diminuindo e se você exagerar, com certeza vai ganhar uns quilinhos, mas deixar de comer não vai ajudar na perda de peso. Porque desse jeito seu fracionamento estará comprometido prejudicando assim seu processo de emagrecimento.
Seu jantar, pode ser semelhante ao almoço, com arroz, feijão, carne pequena, legumes e salada ou se preferir um lanche saudável , sopa ou salada elaborada. Mas preste atenção: essas opções devem sempre ser balanceadas, com um alimento fonte de carboidrato (batata, pão e torrada integrais), um fonte de proteína (peito de peru, queijos light e carnes brancas) e alimentos ricos em vitaminas e minerais (reguladores) como, verduras e legumes.
Portanto, escolha a opção que melhor lhe agrada, mas não pule esta importante refeição.




...

Como pouco e não emagreço!!! Por quê????? CLIQUE AQUI


...


- Tabela de Calorias: dieta das carnes, frios, sanduíches e pratos caseiros
- Tabela de Calorias: dieta dos peixes e frutos do mar
- Tabela de Calorias: dieta das verduras e legumes coloridos
- Tabela de Calorias: dieta das frutas e castanhas da estação
- Tabela de Calorias: dieta dos doces, bolos, tortas e sobremesas
- Tabela de Calorias: dieta dos leites, queijos, ovos e derivados
- Tabela de Calorias: dieta dos sucos, vitaminas e líquidos em geral
- Tabela de Calorias: dieta dos refrigerantes, energéticos, bebidas e drinks

POR QUE AS PROTEÍNAS ATIVAM O CÉREBRO E OS CARBOIDRATOS NOS DEIXAM MAIS LENTOS?
SYLVANA BRAGA
Os alimentos têm efeitos sobre as funções cerebrais, podendo estimulá-las ou acalmá-las. Assim, o estado de alerta, o grau de energia e a qualidade da memória podem ser determinados pela alimentação. Da mesma forma, estados como depressão, agressividade, ansiedade e letargia podem estar associados ao que se ingere.
Deficiências de certos nutrientes, mesmo que pequenas, podem favorecer a lentidão das ondas cerebrais. Os alimentos ajudam a produzir neurotransmissores cerebrais como serotonina, dopamina e norepinefrina. Alimentos portadores de triptofano produzem serotonina e os que contêm tirosina evoluem para dopamina, os quais ativam o cérebro determinando rapidez de ação.
Os carboidratos favorecem a lentidão cerebral e as proteínas estimulam a condução nervosa do cérebro. A gordura, por exemplo, também é calmante, pois demora muito a ser digerida. Já os vegetais folhosos são neutros, que não estimulam nem deprimem o cérebro.
Mas existem algumas exceções destes tipos de grupos alimentares. O carboidrato, por exemplo, age no cérebro de pacientes com TPM, depressão sazonal e ex-fumantes.

Para aumentar a vivacidade cerebral, nada melhor do que as proteínas extraídas de frutos do mar, leite desnatado, peito de peru, peixes, carnes brancas e carnes vermelhas magras. Um acréscimo de 10% de ingestão de proteína na dieta diária impede a produção de serotonina, indutor do sono.

Outra ótima fonte energizante para o cérebro é o café. A cafeína acopla-se aos receptores cerebrais substituindo a adenosina e ainda reduz a fadiga e melhora o desempenho cerebral, garantindo reações mais rápidas e melhora na concentração.  Por isso, basta um cafezinho para manter o cérebro em estado de alerta. O ideal é consumir por dia até duas xícaras de café ou ingerir outros alimentos que contém cafeína, como chás, chocolates e refrigerantes.

O mineral boro, presente nas nozes, amendoim, maçãs, pêras, pêssegos, uvas e no brócolis, é um dos responsáveis por impedir o estado de depressão. Na ausência do boro surgem ondas cerebrais lentas. Quando se introduz o boro, as ondas se normalizam.


EIS O CARDÁPIO IDEAL PARA GARANTIR A VIVACIDADE CEREBRAL:



CAFÉ DA MANHÃ: Leite desnatado, Frutas, Iogurte, Café, chá ou chocolate ovos mexidos
ALMOÇO: Atum, Frutos do Mar, Frango, Rosbife, Ovos Cozidos, Queijo Branco, Peito de Peru
LANCHE: Maçã, Pêra, Pêssego, Uva

JANTAR: Salmão, Frutas, Brócolis, Peixe grelhado

Dra. Sylvana Braga é Médica ortomolecular, nutrologista, reumatologista e fisiatra.



1 comentários:

Sammy Leilane disse...

nossa, tem dado dicas maravilhosas nos ultimos tempo! bjus, uma semana super light!

Postar um comentário

Oi amiga, que bom que vai comentar o que escrevi!!! Obrigada :)